domingo, 7 de maio de 2017

15 carimbos incríveis (e diferentes) para ter no passaporte!

Já diziam os viajantes: "Ah, pena que não ganhei carimbo desse país..."

A maioria dos viajantes sabe que um dos itens colecionáveis e mais cobiçados de viagem são os Carimbos de Passaporte!

Você sabia que existem vários países que, ALÉM DOS CARIMBOS DE IMIGRAÇÃO, também possuem "stamps" de diferentes pontos turísticos?
Pois é! Além de lindos, carregam uma "história" que vale a pena deixar registrado no seu (e no meu) passaporte! 

Por isso, resolvemos listar neste post alguns dos carimbos mais legais, inusitados e cobiçados que você pode encontrar por aí! 
Afinal, ostentação mesmo é um passaporte cheio de carimbos! haha

1. Machu Picchu, Peru
Foto: Viaje na Viagem
Um dos lugares mais famosos, e um dos carimbos mais conhecidos é o de Machu Picchu! Sim, além de visitar a cidade história dos Incas, você pode sair de lá com uma recordação que vai tomar uma folha inteira do seu passaporte! 

2. Lago Titicaca, Peru
Foto de Katrina Mauro
Ainda no Peru, quem visita o lago Titicaca pode contemplar a sociedade pré-inca de Uros, que vive nas ilhas artificiais flutuantes desse lago! Ainda, é possível conseguir esse carimbo lindo, do Maior Lago da América do Sul!

3. Isla de Pascua, Chile
Imagem: One Curios Life
Não basta ser um lugar incrível, no meio do Oceano Pacífico. Para presentear os viajantes que a visitam, a Ilha de Páscoa também te presenteia com esse carimbo sensacional! Basta ir na única agência de Correio da ilha para conseguir esse carimbaço!

4. Fim Del Mundo, Ushuaia - Argentina
Só os pinguins já ganharam meu coração! Foto de Blue Lapis road
Ushuaia, cidade da Argentina, capital da Terra do Fogo, a cidade mais ao sul do Mundo, rainha dos ândalos, mãe de dragões. Lá você consegue não só 1, mas 6 modelos diferentes de carimbos para deixar registrado que você foi até o fim do mundo e voltou!

5. Metade do Mundo, Equador
Foto via
Enquanto você estiver no Equador, não se esqueça de passar pela Ciudad Mitad del Mundo. Neste monumento você poderá carimbar seu passaporte com esses dizeres únicos!  

6. Ilha de Galápagos, Equador

Adorado por Charles Darwin, esse arquipélago é destino de muitos amantes da vida selvagem! Neste carimbo você pode levar pra casa o Tubarão Martelo e a famosa Tartaruga Gigante de Galápagos. 

7. Manitoba, Canadá
Foto via
A capital Mundial dos ursos tem um carimbo que dispensa legendas! Concordam? haha. Cada outono, sua grande população de ursos polares se movem em direção à costa do interior, inspirando o nome de "Polar Bear Capital Mundial dos Ursos Polares".

8. Nações Unidas - New York, Estados Unidos
Foto retirada de Destino Mundo Afora
Esse é pra galera (EU) que vai pra New York esse ano!! O Prédio da ONU é considerado território neutro, ou seja, fora dos EUA, portanto, ao terminar o tour, é possível pedir o carimbo oficial! 

9. Poker Creek, Estados Unidos
Foto de Boards Cruise Critic
Um dos carimbos mais fofos pode ser conseguido no Poker Creek, o controle de Fronteira mais setentrional do Alasca. Ou seja, depois da Antártida, esse vai ser o carimbo mais gelado do seu passaporte!

10. Antártida
A Antática é um continente aberto à exploração científica e não pertence a ninguém! Exótica, Linda, Gelada, esse continente incrível atrai muitos exploradores, que terão o orgulho de conquistar um Carimbo que pode ser encontrado em diferentes versões: cada estação científica, um carimbo diferente. 

11. Ilhas Cayman, Caribe
Foto via Pinterest
Uma Tartaruga Pirata! Se esse não é um dos carimbos mais fofos do mundo, eu não sei qual é! As ilhas Cayman, território Britânico no caribe atrai muitos viajantes por suas praias maravilhosas. Diz a lenda que o ícone foi inspirado por Cristóvão Colombo, que viu muitas tartarugas por lá e chamou a ilha de "Las Tortugas". Ainda, também era refúgio de piratas. Pronto! Combinação perfeita!

12. Hell, Ilhas Cayman
Foto de Sandra Foyt
O lugar conhecido como "Inferno", nas Ilhas Cayman, tem um carimbo que honra o nome! O Lugar consiste em um pedaço de paisagem da dimensão de um campo de futebol, coberto por lava vulcânica negra, impossível de caminhar, mas que se transformou em atração turística! O lugar ainda possui um Bar com o mesmo nome onde os funcionários trabalham "fantasiados" para tirar fotos!

13. Checkpoint Charlie, Alemanha
Foto de Tammy and Chris
Que Berlim é repleto de histórias e símbolos da Guerra Fria, isso a gente já sabia. Porém, que o Checkpoint Charlie foi a passagem de fronteira mais conhecida entre Berlim Oriental e Ocidental, aí já foi novidade. Ainda mais novidade, é saber que embora essa fronteira não está mais em funcionamento, você pode conseguir carimbos no museu Haus, por mais ou menos 5 reais! E por falta de 1, são 6 carimbos diferentes! <3


14. Llanfairpwllgwyngyllgogerychwyrndrobwllllantysiliogogogoch, Wales, UK. 
Esta é a Vila com o nome mais longo de toda a Europa (2º no mundo). A loja James Pringle Weavers é um dos principais pontos turísticos de Llanfairpwll (apelido carinhoso),  onde a principal atração é carimbar seu passaporte com o nome completo desse lugar!

15. Itaipu, Brasil
Foto via 360 Meridianos

Itaipu também possui um carimbo lindinho pra gente chamar de nosso! Sim, quem visita a usina pode entregar o passaporte na recepção do Complexo Turístico e solicitar o carimbo, for free! Ainda, já que está por lá, aproveite para visitar Paraguai e Argentina pra ganhar mais dois carimbinhos!

Gostaram?
Nós amamos! Já estamos pesquisando sobre os lugares que vamos pra ver se tem mais "algum carimbo perdido" nos esperando! Nossa dica? Faça isso também!

CUIDADO:
Fiquem atentos onde solicitar os carimbos! Sempre procure os lugares oficiais: Museus, centros turísticos e agências de correios. Lembrando que Passaporte (ainda mais o Brasileiro) é um dos itens mais cobiçados para "assaltos" fora do país. 

Beijinhos, e até a próxima Viajantes!

quarta-feira, 8 de março de 2017

Azure Window, principal cartão postal de Malta, desaba no Mar


Hoje pela manhã, às 9:40, a Azure Window, uma das formações rochosas mais belas e famosas de Malta se desintegrou completamente no Mar em Dwejra. Ficamos muito chateados com a notícia, principalmente por ter sido parte de nosso roteiro de viagens! 

Já diziam os moradores locais: "O arco está se desintegrando porque grandes pedaços de rocha começaram a cair de cima da "janela". As previsōes sugerem que dentro de poucos anos ele terá se desintegrado completamente." Infelizmente, esse dia chegou!
De acordo com o Jornal Times of Malta, a queda era inevitável. Roger Chessell, um residente de Xaghra, estava em Dwejra quando a janela desmoronou, ás 9:40 da manhã. Segundo ele, de repente, o arco desabou no mar com um Barulho alto, jogando para cima um jato de água enorme. No momento em que o spray tinha sumido, as pilhas de pedra tinham ido também."
Foto: Azure Window Desaba no mar

Quando fomos para Malta, a Azure Window foi a principal atração turística na nossa wishlist! Quando se pesquisa Malta no google, a maioria das imagens é sobre essa formação rochosa tão incrível. Ainda, fizemos passeio de Barco visitando essa incrível formação rochosa vista do Mar. Foi um dos lugares mais incríveis que conheci. Hoje, ficarão apenas as fotos! 

Cena de muitos filmes e séries, incluindo Game of Thrones, o arco atraía muitos turistas de diferentes partes do Mundo. 

Hoje Malta e o Mundo perde uma das suas incríveis belezas naturais! "A famosa janela Azul hoje já não existe mais, e apenas milhões de fotografias permanecem como testemunho deste ponto turístico."

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Dicas e Roteiro de 4 dias em Brotas - A cidade da aventura!

A cidade!
Brotas é a capital Paulista da Aventura, e uma das pioneiras quando o assunto é esportes radicais!

Famosa pela prática de esportes, Brotas é cercada por mais de 30 cachoeiras o que permite além de passeios e trilhas incríveis, a prática de esportes aquáticos! Os mais famosos deles são rafting, bóia-cross e Canionismo! 

Ainda, tem muitos esportes fora d'água, como rapel em paredões, trilhas, mountain-bike, cavalgadas e tirolesas GIGANTES que cortam paisagens lindíssimas!


Quando ir?
A cidade recebe turistas o ano todo, mas a melhor época para prática dos esportes aquáticos é no verão, quando os rios e cachoeiras estão cheios da chuva! 

Nós fomos no Carnaval passar 4 dias! E foi incrível! Embora a cidade estava  cheia (e que lugar não estava nessa época do ano? haha), deu para fazer todas as atividades que queríamos, tudo sem complicações por conta da data! Foi lindo!

Nossa Hospedagem!
Por ser feriado prolongado, todas os hotéis e pousadas estavam extremamente caros ou lotados! Portanto, decidimos partir para a experiência: 7 amigos indo ACAMPAR em Brotas! Nosso primeiro Camping! Vamos contar a experiência!

Gente, foi SENSACIONAL! Sério. Não imaginava que seria tão legal! haha

Ficamos hospedados na Fazenda Sakurá, por indicação de uma amiga! O espaço contém piscina, churrasqueiras, vários banheiros e chuveiros de uso comum, restaurante e um ambiente incrível! Valeu muito a pena a escolha! E ainda aprendemos uma coisa: Tem barracas que parece um condomínio fechado de tão chiques e lindas! hahaha 

1º Dia
No primeiro dia deixamos reservado a atividade mais famosa de Brotas: 

Rafting
Nós fizemos com a empresa Alaya, que trabalha a 19 anos no mercado e foi o melhor custo benefício que achamos.

O passeio tem duração de aproximadamente 4 horas! 
Inicialmente, há um mini treinamento em um "lago" para depois partir para as quedas do rio Jacaré-Pepira!


Nosso instrutor ensina como devem ser as remadas, os comandos que vamos ouvir durante a descida, tudo que precisamos saber! 

E aí, criamos um grito de guerra! Sim, você precisa ter um grito de guerra da equipe! haha
E então começa a adrenalina! O rafting pode ser praticado até por crianças! É muito tranquilo! Tudo com máxima segurança possível! Coletes salva-vidas, capacetes, tudo lindo! (Ouviu mãe? você pode ir na próxima hahaha).



No meio do passeio, paramos para fazer uma Tirolesa em cima do rio! Sensacional! foi a primeira tirolesa que fiz! Dá medo mais do equipamento falhar do que realmente da altura kkk.

E aí vem a maior queda de todas! O passeio foi sensacional! Já quero fazer rafting novamente! Quem vem junto? haha





2º Dia

No segundo dia fomos conhecer o EcoParque Cassorova, com 2 cachoeiras lindíssimas, piscina, infraestrutura ideal, lanchonete e restaurante para quem vai passar o dia no local! E aí, nós decidimos fazer Canionismo, ou Rapel na cachoeira. 



CANIONISMO - RAPEL
PENSAAAAAAA em uma superação de medos!

Decidimos fazer a atividade, eu o Allan e a Marina, no Ecoparque Cassorova, onde se encontram duas das mais belas e perfeitas cachoeiras para a prática do Canionismo, a Cassorova de 60 metros de altura e a Cachoeira dos Quatis, com 47 metros de queda. 



Eles fazem um treinamento em uma plataforma de madeira e, logo após, partimos para descer de COSTAS um belo de um precipício! E quando eu digo Belo, é porque realmente é de tirar o fôlego. Quando chegou minha vez, de costas, coloquei os pés na ponta do "precipício" e comecei a descer, pendurada pela corda. Então resolvi olhar pra baixo. Demorou uns 5 segundos pra eu processar a loucura do que eu tava fazendo. 60 metros de altura, presa por apenas duas cordas. 


Mas a adrenalina foi tanta que, ao invés de desviar os olhos daquela altura toda, eu resolvi encarar e olhar diretamente para a cachoeira, porque acho difícil ter uma vista dessa novamente! Foi uma das atividades que mais tive medo. E foi maravilhosa! (Aquele pontinho ROsa sou eu!) haha 
Após descermos essa cachoeira, fomos para a segunda descida, de 47 metros, a cachoeira dos Quatis. Para chegar até ela nós cruzamos por dentro do vale, dentro do Rio! Foi sensacional!


Nessa descida, o frio na barriga foi ainda maior! Eram muitas pedras, tivemos realmente que andar descendo a parede! E foi incrível! Recomendamos para todas as pessoas que forem a Brotas. No final da atividade, quando soltamos os braços para ser puxada pra beira da cachoeira, o nosso "anjo da guarda", que segura uma das cordas o tempo todo, me deu um BANHO na cachoeira GELADA! hahaha Falou que foi o Batismo! :D

PS: Era pra termos mais fotos lindas da nossa descida. Contudo, a empresa que contratamos, a Territorio Selvagem, nos prometeu fotos da descida por um valor de 50 reais. Sendo assim, não precisaríamos levar celular, câmera nem nada porque era perigoso cair na cachoeira. Adivinhem? Não ficaram legais as fotos por causa da chuva, e como estávamos sem celular, tchau fotinhas!!! 

Ainda nesse dia, aproveitamos para dar um passeio pela cachoeira dos Quatis e enfrentar a água congelante que estava! Mas valeu muito a pena! hahaha A trilha durou 30 minutos, mas foi bem tranquila! E a cachoeira? Rendeu boas risadas e muitas fotos!


3º Dia
Fomos até a Cachoeira 3 quedas! É um parque com 3 cachoeiras (pode ser considerada 2 - uma é bem pequenininha). Passamos uma manhã toda no parque, entramos nas cachoeiras, tivemos um dia maravilhoso!
Após, fomos visitar uma cidade próxima, São Pedro, para uma vista incrível do Mirante de São Pedro!
Voltamos para o Camping, jantamos por lá com uma ótima refeição caseira, e ficamos curtindo o céu estrelado sobre as barracas conversando, jogando cartas e altos jogos de lógica que desafiamos o limite das risadas! hahaha

4º Dia
Finalmente, nosso último dia em Brotas, fomos acordados pelo Astro Rei nos dizendo: preparem-se para Aventurah! haha

Parque Aventurah

Fomos conhecer o Parque Aventurah, localizado a poucos minutos de Brotas! Diversas atividades de lazer e aventura foram planejadas para aproveitar as belezas naturais da fazenda Tavolaro, sede do Parque Aventurah!. 

Entre as atividades que nós fizemos estão tobolago, caiaques, aquaball, arvorismo (que foi sensacional), tirolesa, escalada, Stand-up e mais! Trilhas de fácil acesso levam à prainha onde tem banana boat, campo de paintball (pago à parte) e arco e flecha!



Passamos uma manhã incrível! Parecíamos crianças rindo e brincando até não poder mais! Eu fui a única do grupo a conseguir realizar a escalada! Nem eu achei que isso era possível! hahaha




Se nós nos divertimos, imagina como as crianças vão se sentir? Uma ótima opção para quem viaja com os pequenos!
O passaporte custa 90 reais por pessoa, para realizar todas as atividades quantas vezes quiser! E se cansar? Tem prainha na beira do lago e piscina para relaxar, com lanchonete logo ao lado!
Dica: Cidades aniversariantes ganham 50% de desconto no passaporte! :D

Lugares para comer!

EspecialeriaSuper indicamos a Especialeria, uma cafeteria cheinha de coisas especiais!
Fica de frente a Alaya, na rua principal da cidade! Nesse lugar nós provamos um sorvete de Queijo! É isso mesmo que ouviram! Sorvete de queijo, com chips de Provolone!

Bar e Restaurante Camillo: Jantamos duas vezes nesse barzinho! Tirando a demora das refeições (perdoado por ser Carnaval e estar lotado), tudo estava muito bom!

Açaí da Barra: Eu nunca tinha comido Açaí por kilo! Lá você pega o tanto que quiser, com os acompanhamentos que quiser, e sai MUITO MAIS BARATO do que todos que já comi! Super Aprovado! Comemos 2 vezes! :D


GASTOS $$$
Brotas é uma cidade bem cara! Os esportes são caros, a comida, tudo que você olha tem que pagar! haha

*RAFTING ALAYA (com tirolesa): R$128
*CANIONISMO: R$195 (com direito a day-use da fazenda)
*CACHOEIRA 3 QUEDAS: R$50
*ECOPARQUE CASSOROVA DAY-USE: R$60
*PARQUE AVENTURAH: R$90
*CAMPING: R$50 /dia/pessoa
*SORVETE DE QUEIJO: 14,00
*JANTAR CAMILLO: 30,00/pessoa
*Açaí: +/- R$10

Gasto total 2 pessoas - 4 dias: R$1400.

Esse Carnaval foi incrível! Cheio de primeiras experiências!
Quem nos segue no instagram viu as atualizações constantes no stories, o quanto foi divertido e o quanto foi cheio de adrenalina! Não nos segue ainda?Estamos no facebook e instagram como Viajante de Asas! Corre lá! :D

E é isso aí gente! Qualquer dúvida, é só deixar uma mensagem aqui! Terei um prazer enorme em ajudar!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Dicas e Roteiro de 4 dias na Islândia: Terra de gelo e fogo!

Se tem um lugar que eu jamais imaginei ir na vida, ou que sequer existia, é a Islândia. Mas então, quando cheguei na Inglaterra, tive dois amigos que foram para lá, e então foi quando descobri esse pedaço de mistério, paisagens maravilhosas e de muita história. Conhecida como Terra de Gelo e Fogo, tem esse nome pela quantidade de vulcões e geleiras que domina essas terras.
A capital da Islândia, Reykjavik, com aproximadamente 120.000 habitantes, está entre as capitais mais ao norte do mundo. Sem arranha-céus, ou grandes monumentos, a capital se destaca pelas casinhas de telhado e paredes coloridas, e pela famosa Igreja Viking. Aqui, a língua é o Islandês, e Deus que me livre se o Inglês não fosse uma língua universal, porque essa aí eu não dou conta não! hahaha
Nosso passeio até a Islândia foi todo organizado pela companhia de turismo Iceland Guest, e fechamos tudo através do website deles. Fechamos o pacote "Aurora Adventure", que passava pelas principais regiões do lado Oeste da Ilha, o famoso Cìrculo de Ouro (Golden Circle). O passeio no geral foi maravilhoso! A Companhia super bem organizada não deixou a desejar em nenhum ponto. Não fizemos nenhum turismo "radical" por lá, até porque era muito mais caro. Ah, e Islândia foi o lugar mais caro que já fui até hoje. Consegue ser quase o dobro do preço de Londres. 


Nessa viagem, minhas companheiras foi a Lú (de todas as horas) e a Lessanie, que conheci desde quando começamos o processo do Ciências Sem Fronteiras, mas nunca tínhamos nos encontrado! E então combinamos a viagem juntas! haha Foi um prazer imenso! Nosso hotel (que também estava incluso no tour), era MARAVILHOSO! Quase morremos quando vimos que tinha cozinha dentro do quarto, uma BANHEIRA HIDROMASSAGEM, televisão, tudo LINDO! hahaha

Nosso primeiro dia de tour ficou em Reykjavik, na capital, para conhecermos um pouquinho mais sobre a cidade. E foi maravilhoso! 
 Era uma mescla de Moderno com Antigo dava um charme!
 As típicas casas para aguentar MUITA HUMIDADE e MUITA NEVE.


Passamos até pela casa do Presidente, que aqui, não tem segurança, muros, nada! A única coisa que pedem é "Respeite a privacidade" e não ultrapasse os limites da casa! :) Imagina a casa da Dilma assim? Coitada! haha

  E essa é a vista que o Sr. Presidente tem da casa dele!
Ah, e claro, não podia deixar de lado a Igreja MAIS DA HORA QUE JÁ VI! A Igreja de Hallgrímur é uma igreja Luterana, inaugurada em 1986, e é a maior igreja na Islândia. Além de ser um dos pontos turísticos principais, claro. :)

O Sólfar, ou Sun Voyager, é uma escultura que está em Reykjavik, a beira-mar, criada por Jón Gunnar. É uma homenagem ao sol, que contém em si a promessa de território desconhecido, um sonho de esperança, progresso e liberdade.

Naquela noite, o tempo estava chuvoso, e não pudemos ir "Caçar a Aurora Boreal", como dizem. Na verdade, acho que a Aurora Boreal é um dos fenômenos naturais mais lindos do MUNDO, que enche as noites escuras de cores no céu, e é por esse motivo que atrai tanto turista na Islândia, por ser um lugar muito comum de ver. Porééééémmmmmmmmmmm...... Nós não vimos! :( E então, fomos comer a tradicional SOPA NO PÃO que eles fazem! DELICIOSA!



Continuando... (to ainda tentando aceitar o drama). hahaha. Nosso segundo dia de tour foi Sensacional! Fomos visitar o famoso Cìrculo de Ouro.


Fomos primeiro até o "þingvellir national park", que é MARAVILHOSO! Fiquei espantada com a paisagem. Lá nesse parque há o encontro de duas placas tectônicas, Eurásia e a América.
 Þingvellir significa "Campos do Parlamento", onde o parlamento islandês primeiramente se reuniu, no ano 930.



Em seguida, fomos visitar a Cachoeira Gullfoss. É a cachoeira mais conhecida e visitada da Islândia, tão elegante quanto enorme. Gullfoss significa "Cachoeira de Ouro", a provável origem do nome “Círculo de Ouro”. 



Geysir refere-se a uma área em geral e também a um Geysir específico, nomeado e descoberto em 1294, que no passado, entrava em erupção a uma altura de até 80 metros. Esse atualmente encontra-se inativo, mas ao lado dele tem um menor, que também tem erupções altíssimas, a cada 8 minutos aproximadamente! O problema é, que eu fiquei tão emocionada em filmar a erupção que esqueci de tirar foto dela. Portanto, vai o vídeo mesmo dessa maravilha!!!!

No caminho, passamos por essa casinha FO-FA! Deve ser super quentinha com essa camada de "grama" protegendo! haha. E então, fomos para a última cachoeira do dia, que eu não lembro o nome! :*
E ENTÃO, algo mágico aconteceu! Eu tava dormindo no ônibus, porque estávamos indo para nosso destino final, visitar uma usina geotermal. MAS, quando eu acordei que estava quase chegando, eu vi BANCOS DE NEVE POR TODA A PARTEEEEE! Porque tinha nevado lá na semana anterior. Quase morri! O ônibus parou para irmos na Usina, e eu, a Lu e a Le saímos correndo na direção oposta para aquele monte de neve! E foi minha primeira vez que vi neve! haha :') E claro que rolou guerrinha de bolas de neve, e um boneco! <3



No dia 3 do tour, fomos visitar uma Geleira, ou Glacier! Sim, Gelo por toda a parte, e a galera maior escalando! É uma das menores geleiras da Islândia, e cobre 100km² de extensão!

 E JESUS AMADO, TAVA MUITO FRIO!
De lá, fomos visitar a Praia de areia preta, a Black Sand Beach, famosa também por ter sido local e filmagem de Noé (filme estrelado por Emma Watson).
 Colunas de rochas hexagonais, também resultado do vulcão! :)

Olha o que um vulcão faz com uma montanha! hahaha 

Continuamos nosso passeio até um MUSEU, na foto abaixo, que contava muito sobre a história do povo Islandês, e as dificuldades emfrentadas no passado, como ir pescar, para garantir o sustento das famílias, naquele mar de aproximadamente 1ºC. Isso tudo, porque o inverno rigoroso não permite agricultura. Gente, como conseguiam?

A Próxima cachoeira, e a mais linda, foi a Skógafoss! Eu amei! Se tivesse sol, todas elas teriam um arco-íris gigante ao redor! Mas estava nublado hoje, então não vimos.


E abaixo, a cachoeira Seljalandsfoss, que é possível passar por trás dela! Mas estava escurecendo rápido, e fomos lá tirar foto rapidinho e voltamos! :p


E é claro, que no 4º e último dia de tour, tivemos um dia DE PRINCESA! hahaha. Fomos para a famosa BLUE LAGOON, ou Lagoa Azul, que é um SPA Geotermal maravilhoso! Primeiro, eu nunca imaginei ir a um SPA. Segundo, num SPA na ISLÂNDIA! haha 
Bom, além de quentinha, deliciosa e linda, a água ainda faz bem pra pele. A Água Geotermal se origina a 2000 metros abaixo da terra, e ao vir para a superfície traz Sílica e outros minerais. Por conta disso, a água tem uma cor esbranquiçada, igual leite, mas a Sílica refletida no sol fica azul! 




Passamos argila na cara inteira. Porque diziam que era ÓTIMO PRA PELE. Aí, tiramos fotos, demos risada, e a argila lá. Depois de 1 hora, encontramos uma brasileira super gente fina, e comentamos, nossa, essa argila tá coçando, e ela falou, ai, é verdade. Assim que der 10 minuto vocês já tiram, que nem fala nas intruções lá. Aí eu e a Luiza: OI? 10 MINUTOS??????? E aí começamos a lavar tudo a cara desesperadas! Porque vai que ao invés de ficar linda, ficasse tudo enrugado? Eu hein! 
 E DO LADO DE FORA........... 2ºC. O difícil foi sair da água e ir para os vestiários se trocar! haha

GA$TO$
Foi a viagem mais cara que fizemos. O custo de vida lá é um dos mais altos do mundo. Já sabíamos disso e por tanto, juntamos bastante dinheiro para comprar nosso pacote da viagem. A moeda lá é a Coroa Islandesa, ISK, e a conversão está em torno de: 1BRL = 46,53ISK, em dezembro/2014. E aqui vai uma ideia dos nossos gastos:

VÔO: £97 ida e volta.

TOUR: £375 para 5 dias.

SOPA NO PÃO: ISK1500.
COPINHO DE SHOT: ISK790


E finalmente, nosso passeio acabou. Me surpreendi muito com tudo o que vi, porque é muito diferente de qualquer coisa que eu iria ver no Brasil. Clima completamente louco, FRIOOO, MUITO FRIO, e por aí vai. Mas, é claro, faltou o PRINCIPAL. O motivo de fazer nós chorarmos no último dia. A Aurora Boreal. E para finalizar, fica uma foto da nossa última tentativa de ver a Aurora, num lugar maravilhoso, com o céu limpíssimo, mas ela resolveu falar: Não, vocês vão ter que voltar mais uma vez para a Islândia!!! haha Quem sabe um dia?

Beijinhos e até o próximo post! :*