terça-feira, 3 de março de 2015

Rússia - A Incrível Moscow

É incrível você ver de pertinho coisas que antes era uma ilusão, um sonho que nem sabia que seria possível. Eu jamais imaginaria na vida um dia pisar na Rússia! Paris, Londres, Itália, eu tinha um sonho, imaginava que um dia isso poderia acontecer... Mas Rússia? haha! E exatamente por isso, a ansiedade foi maior ainda! Fomos em Novembro, final do Outono, e já estava começando o frio de lá. Portanto, fomos muito bem preparados. Roupa de neve, térmicas, botas de neve (E não pegamos neve hehe), luvas, cachecóis, e tudo isso numa malinha de mão que cabia na ryanair. Missão impossível, mas conquistada.

Chegamos em Moscow (Ou Moscou) e saímos para dar um passeio rápido, e, embora já escurecesse as 4 da tarde, tudo estava lindo a noite também! Visitamos a Catedral de São Basílio, o cartão postal mais famoso da cidade!
"A multicolorida e alegórica igreja ortodoxa cristã fica no coração da cidade, na Praça Vermelha, junto aos muros do Krêmlin. Construído sob ordens de Ivan, o Terrível, após sua vitória na batalha de Kazhan, esta é provavelmente a imagem mais conhecida da Rússia no exterior. 
Seus domos coloridos encimam pequenas capelas, sendo uma representação da Cidade de Deus revelada a São João, o Divino. Com claras influências bizantinas, o projeto de Posnik Yakolev foi concluído em 1561. Uma das lendas mais resistentes ligadas a São Basílio é que o czar, satisfeitíssimo com o trabalho final, mandou cegar o arquiteto para que ele nunca mais pudesse construir algo semelhante." (ViajeAqui.abril) Embora esta seja a mais famosas, há milhares de igrejas como esta espalhadas por Moscow.

Visitamos também a galeria de arte que fica na praça vermelha, pois estava aberta. Um Luxo! E tudo decorado para celebrar o natal que estava por vir.




E então, resolvemos passar em frente ao Teatro Bolshoi, um edifício histórico da Rússica construído para abrigar apresentações de Ballet e Ópera. É sede da Academia de Ballet Bolshoi e uma das mais famosas e prestigiadas companhias de Ballet do mundo!
A intenção era apenas passar em frente para conhecer o teatro, mas, o que não esperávamos era que teria cambistas vendendo ticket para a peça do dia, uma apresentação da Academia de Ballet Bolshoi. Quase morremos de ansiedade. O teatro já tinha começado, mas, como é super difícil conseguir comprar online, fomos aquela hora mesmo. DETALHE: Com a roupa que tínhamos vindo de Londres e dormido no aeroporto. Maravilhosa. Moleton, no Ballet mais famoso do mundo. hahaha. E eu liguei? Jamais! Fomos assistir como se fôssemos tão ricos e importantes quanto qualquer um la dentro! kkk A Lú ainda tava "A la Francesa" com essa boininha, mas o resto de nós....

O Marlene sem comentários. A mesma blusa que usava todos os dias na Unesp pra ir pra facul, hehe. E Eu? Uma blusa térmica horrível que tentei camuflar com o lenço. E ao nosso lado pessoas de vestido longo, roupas chiquérrimas, tomando champagne. :p

 Mas a verdade é uma só. Assistimos igual a todo mundo, aquela apresentação que foi a coisa mais linda. DETALHE: Tinha uma Orquestra tocando as músicas da apresentação. Tem noção disso? :o Ameeeiiii!!!! haha

No dia seguinte, saímos com um grupo de Walking tour para conhecer um pouquinho mais sobre a cidade. Foi fantástico. O ponto de encontro foi nesse monumento desses dois homens, responsáveis por criar o alfabeto Russo.

Essa igreja abaixo pertenceu a família Romanov, uma igreja própria, construída para os pecados serem perdoados, e separado da sociedade.

Novamente, a Catedral de Sâo Basílio, a mais linda de todas!
Ela fica localizada na Red Square, ou Praça Vermelha, conhecida pelos desfiles militares soviéticos durante a era da União Soviética. 
É nela que fica situado também o Kremlin, uma fortaleza muito bem protegida por muros altíssimos onde abriga a sede do governo russo, esse prédio abaixo com uma bandeira estiada. Diz-se que quando a bandeira está estiada, o presidente esta presente. Do contrário, não. Porém, nossa guia falou que não acredita muito nessa história, porque enquanto semana passada a bandeira estava estiada, o presidente apareceu em fotos na praia na Austrália. haha

Mesmo sendo muito protegido, é permitido visitação no interior dessa Fortaleza. Fomos lá conhecer, e é deslumbrante! Abaixo, o portão de entrada para a Fortaleza.
 O prédio abaixo abriga as muitas jóias e riquezas da Rússia, mas não visitamos o interior.

 Só dentro dessa fortaleza tem mais 3 igrejas!

 E a gale responsável por fazer essa viagem ficar mil vezes mais sensacional! E por esse SOL lindo dava pra pensar que até estava uma temperatura agradável né? Mas só que não! Pegamos uma temperatura de -11ºC!!! Haja roupa por cima de roupa!

Fora do Kremlin, na Praça Vermelha há mais monumentos históricos, como esta Catedral maravilhosa que tem um nome muito grande, resumido em: "Cathedral of The Roman Catholic Church of The Immaculate Conception of The Blessed Virgin Mary". 
Mais uma igreja, linda por sinal...
E é claro, o Mausoléu de Lenim, onde está guardado e exposto o corpo do líder fundador da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. O mausoléu é composto das cores vermelha e preta, representando o sangue e o luto, respectivamente. O local é constantemente vigiado pelo batalhão presidencial, porém aberto para visitações.
E fora da Red Square tem muita coisa para fazer também! Só de andar por essa cidade tão histórica, tudo é motivo de fotos! haha

Igreja de Cristo, o Salvador. Uma das mais lindas que já vi, principalmente por causa do seu interior. Toda pintada em tons de dourado, mas não podia tirar fotos. :( 


Fontes de água que na verdade são fábulas...
Mais algum prédio importante! haha

Ah, e não posso esquecer de mencionar o sistema de Metrô da Rússia. Outra atração turística da cidade, o metrô tem 185 estações, 12 linhas e 306km de extensão. É considerado o maior do mundo por densidade de passageiro. Porém, o que realmente chama atenção, é a beleza das estações, construídas cada uma para contar um pouquinho de história diferente! Diz-se que que além dos operários, mais de 500 mil homens trabalharam voluntariamente pra construir essa obra prima! <3




Não podíamos deixar de experimentar também o TRADICIONAL STROGONOFF, comida típica Russa, e que eu só descobri quando cheguei lá! Tivemos que ir comer em um típico restaurante, que também era a coisa mais linda do mundo! Super antigo, um ambiente super aconchegante.. Amamos! A comida e o lugar também! haha


E então, no nosso último dia a tarde, fomos para um lugar também conhecido como a perdição dos turistas que gostam de trazer lembrancinhas pra casa! Um mercadão de souvenirs, que é a coisa mais LINDA! Já ela em sim é lindo de viver!

Era como uma "25 de Março" versão souvenirs russas, cheio de barraquinhas espalhadas e pessoas fazendo desconto em tudo! haha E é claro, que eu fui a falência! Principalmente quando achei as famosas "Bonequinhas Russas", ou Matrioskas! Aquelas que tem um monte de bonequinhas dentro da outra, que você que já é grande, passa tempo brincando! 

As matrioskas são as tradicionais bonecas russas feitas de madeira e com múltiplas figuras no seu interior, ou seja, a mesma boneca em tamanhos diferentes e que encaixam umas dentro das outras. As matrioskas transportam a ideia intrínseca de maternidade e fertilidade, uma vez que são um símbolo da terra russa. O fato das bonecas mais pequenas saírem do interior das maiores simboliza o ato de uma mãe dar à luz uma filha, e a filha dar à luz outra filha, e assim sucessivamente. E até de líderes políticos e pessoas famosas encontramos Matrioskas! haha


E não menos importante, e tão lindo quanto (se não for mais): Os ovos de Páscoa mais caros do mundo! haha
Os ovos Fabergé são obras-primas da joalharia produzidas por Peter Carl Fabergé e seus assistentes no período de 1885 a 1917 para os czares da Rússia. Os ovos, cuidadosamente elaborados com uma combinação de esmalte, metais e pedras preciosas, escondiam surpresas e miniaturas encomendados e oferecidos na Páscoa entre os membros da família imperial. Fabergé fabricou cerca de 50 exemplares entre 1885 e 1917, alguns deles desaparecidos até hoje. Juro, é uma das lembranças mais lindas que eu trouxe de algum país. Comprei um, porque mesmo sendo imitação, era caro! hehe... E depois minha mãe quase pegou de mim, de tanto que gostou! Quem sabe um dia se eu voltar...  

E enfim, foi isso que a Rússia nos proporcionou. Amei o passeio, todos os dias foram incríveis! Mais incrível ainda era contemplar de pertinho os locais que foram sedes de fatos importantes da história. Sensacional! E melhor ainda! Não foi uma viagem que eu gastei tanto! A Rússia comparada com outros países é bem barata, e claro, nós economizávamos em tudo! (Tirando as lembrancinhas) hihi

GA$TOS

Ticket Bolshoi: R$48
Entrada Kremlin: R$8
Ovo Fabergé: R$28
Matrioska (5 bonecas): R$29
Strogonoff: R$35
Hostel (3 dias): R$71
Vôo Londres-Moscow: R$200


E para terminar, eu só tenho a agradecer a Deus por esse presente maravilhoso! Mais um sonho realizado... Na verdade, algo que eu nem imaginava que seria possível! Mas, quem acredita, sempre alcança..! Russia, já estou com saudades! Quem sabe um dia eu volto?
Beijoos, e até a próxima!

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

O final do intercâmbio, a despedida, contado por Harry Potter! :)

Aquele momento que ninguém quer acreditar. O intercâmbio está acabando, e com ele, mil coisas maravilhosas que aconteceram nesse ano... E então, começam a aparecer os primeiros sinais...
(texto adaptado)

1- Você percebe que os tickets de viagens compradas acabaram...
E fica muito bravo quando alguém te lembra disso.

2- E você teve que dizer tchau para seus amigos internacionais... 
E até que conseguiu se sair bem nisso...

3- Começou a comer os últimos MC DONALDS e comidas típicas como se não houvesse amanhã... 
Porque você já está pobre, e porque custa £1,99!


4- Aproveitou as últimas flat parties da melhor maneira possível...
Mesmo quando cabiam menos de 10 pessoas em um único ambiente e vocês estavam em 20!

5- E aí você chega no aeroporto após 11 horas de vôo, e independente de como você aparenta, seus familiares estão ansiosos para fotos...
"Olhem para lá, estou horrível"

6- E claro, você está ansioso em voltar para casa!
COMIDAA! CHURRASCOOO! COXINHAAA! TAPIOCAAA! FEIJÃOO!!! FAMÍLIA!!! AMIGOS!!! FACULDAAAADE (Não, faculdade não).

7- Você vai rever toda a família... 
E entregar lembrancinhas e abraços por todo o lado...

8- Abraçar seus velhos amigos... 
E tudo vai parecer que você nem saiu de casa!

9- E vai matar a saudade do seu cachorro... ou gato...

10- E tudo está indo tão bem até que alguém posta uma foto do ano passado... 
QUEEEEEEEE?

11- E aí aquele sentimento de "CASAAAA EBAAA"... 

12- Se transforma em: Eeeeee... já deu... pode voltar ano passado... 

13- Mas o que eu estava pensando?

14- O que eu não daria para voltar para onde tudo é lindo? Oceanos, montanhas, lagos, castelos... Onde eu vejo esquilos misturado com gente, onde o calor não me derrete...

15- Eu jamais imaginei dizer isso, mas... Como sinto saudades da Ryanair...
Ou de qualquer Vôo que por menos de 150 reais me fazia cruzar paízes!

16- E você lembra dos trens... Que te levavam para onde quisesse... 
"Com licença, você poderia me informar onde eu acho a Plataforma 9 3/4?"

17- E lembra dos dias comuns que viravam as melhores festas inesperadas dentro da sua cozinha...

18- E acima de tudo isso, você lembra que seus amigos não estão do outro lado do corredor para ouvir você desabafar... ou para aprontar pegadinhas com você...
"Eu vou com você"

19- E toda hora que você quiser conversar sobre seu ano anterior freneticamente... alguém vai falar: CHEGA!.... 
"Sem ofensas, mas eu realmente não me importo muito..."

20- Mas você ainda tem fotos e vídeos para juntar as suas memórias e não deixar você esquecer de como tudo foi tão lindo... 

21- E afinal, você pode se confortar e saber que teve o melhor ano da sua vida! 
Vocês vão ficar comigo? Sempre! Até o fim! <3

Dedico a todos os meus companheiros de intercâmbio, que se tornaram os melhores amigos. Dedico a cada dia entendiados em casa que fazíamos acontecer uma bagunça, a cada aventura que tivemos junto. A cada festa na cozinha, ou a cada filme no quarto das amigas, a cada fim de bolsa passando fome. Dedico a cada chororô que ouvimos uns dos outros, e principalmente aos dias que choramos imaginando como seria quando tudo acabasse. À nossa amizade, à nossa parceria, ao nosso sonho realizado de conquistarmos o mundo juntos. Dedico também a cada um que me fez sentir em família, em casa, que me abraçou e recebeu como mais um parceiro! Dedico esse post àqueles que mesmo depois de voltarmos, estaremos unidos por um sentimento: foi o melhor ano de todos! 
Obrigada por tudo, vocês foram os melhores amigos de intercâmbio e flatmates que alguém poderia ter! Obrigada por fazer esse ano passar rapidinho, de tão excelente que foi! Porque tudo que é bom, VOA! Vocês são demais! <3